Série para alongar

0 Love

Ano passado falamos sobre alongamento e toda sua importância. Sua grande vantagem é que há uma facilidade enorme em fazê-lo em qualquer lugar e a qualquer hora, inclusive sem nenhum equipamento, se for o caso.
Um bom alongamento não deve ser extremamente forçado, ou seja, quando sentir aquela “queimação” do músculo é sinal que o limite do alongamento (pelo menos no momento) está alcançado. Com o decorrer das semanas de realização da série, a tendência é esse limite ir aumentando. É nada mais nada menos que um treino também, como qualquer outro. Se deixar de fazê-lo, você regredirá. Portanto, uma sessão de aproximadamente 12 minutos por dia é o ideal. Cada posição deve variar entre 20 e 40 segundos.
A série deve englobar o corpo todo, e não apenas as partes menos alongadas. Para mulheres, principalmente por conta do uso constante de salto alto, há um encurtamento natural dos gastrocnêmios (panturrilhas), dificultando movimentos naturais e podendo causar lesões em mulheres ativas. Portanto, alongar a panturrilha é não só prazeroso como necessário para a saúde da postura. Começaremos alongando do pescoço para baixo.
Vamos à série? Para aquecer a cervical, gire lentamente a cabeça de um lado para o outro. Em seguida, com o auxílio das mãos, incline a cabeça para um dos lados na diagonal e de leve faça uma pressão até sentir o músculo alongando, como na foto abaixo. Faça dos dois lados. Logo em seguida, deixe o tronco bem ereto e faça a mesma pressão, mas com uma angulação da cabeça diferente. Para finalizar o aquecimento da cervical e trapézio, com o auxílio das duas mãos, pressione a cabeça para baixo, quase tocando o queixo no peitoral.

fiorentino_comportamento_alongamento-01

Todos os movimentos aqui citados devem ser feitos com a postura bem ereta e abdômen 100% contraído. Vamos dar sequência iniciando alongamento de braços e tronco, começando com os braços: tríceps na primeira e bíceps e antebraço na segunda foto:

fiorentino_comportamento_alongamento-02

Agora alongamos o peitoral e deltoides anteriores (parte da frente do ombro):

fiorentino_comportamento_alongamento-03

Posterior de ombro e costas:

fiorentino_comportamento_alongamento-04

Ainda focando no tronco, vamos alongar o abdômen:

fiorentino_comportamento_alongamento-05

E os membros inferiores:

fiorentino_comportamento_alongamento-06

Comentários

  1. Dea Caldas 26 de abril de 2014 at 7:38
    Responder

    Gosto muito de fazer alongamentos, tenho 63 anos e este tipo é leve e nao exige poses mirabolantes. Adorei

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esquadrão da moda