Relaxamento

0 Love

As condições de vida nas quais vivemos aumentam nossos desgastes físicos, emocionais e mentais.

As chances de alívio aumentam quando abordamos nossa vida por inteiro, incluindo a alimentação, exercícios físicos, momentos de oração e relaxamento.

Devemos reconhecer que precisamos relaxar, e que este curto momento de repouso trará um vigor especial.

A prática frequente do relaxamento diminui a tensão muscular e acalma a mente, sendo um valioso recurso para a saúde psicofísica.

Executivos, donas de casa, jovens e idosos precisam reservar um tempo para si, cultivando o relaxamento como um hábito em sua rotina.

 

Relaxamento: pratique sempre que sentir cansaço

 

Reserve um lugar tranquilo em sua casa.

Durante o relaxamento, se a tensão interna for causada por maus pensamentos, respire algumas vezes tranquilamente.

Preste atenção a cada parte do corpo separadamente, com a intenção de relaxar todo o corpo.

Deite-se de costas no solo, sobre um cobertor dobrado ou um colchonete. Fique na posição mais plana possível, com a cabeça confortável.

Verifique a coluna: cuide para que o maior número de vértebras toque o solo.

Posicione os braços e as pernas paralelos ao corpo e ligeiramente separados.

Feche os olhos.

 

Respire lentamente pelas narinas, com respirações, uma após outra, profundas e gradativamente amplas.

A cada inspiração, sinta que o oxigênio entra mais em seus pulmões. Ao expirar tente abandonar as preocupações da sua mente.

 

Relaxe o rosto: olhos, pálpebras, nariz, boca, maxilares, orelhas, testa sem rugas. O couro cabeludo relaxado liberta as tensões da cabeça…

 

Comece a perceber as sensações do corpo a partir dos pés, continuando pelas pernas, joelhos, coxas, quadris…

Relaxe…

 

Gradativamente, visualize seus órgãos internos: estômago, pulmões, coração, órgãos do baixo ventre, abdômen…

Relaxe…

 

Faça subir a sua atenção ao longo do seu corpo, desde as costas, na altura dos ombros, até o pescoço. Fixe na nuca, depois desça em direção aos braços, antebraços, palmas das mãos e dedos…

Relaxe…

 

Continue com os olhos fechados mantendo a atenção nos movimentos da respiração, de entrada e saída do ar pelas narinas.

A cada respiração, sinta vontade de soltar-se mais e mais, relaxando músculos e órgãos internos, num completo abandono do corpo no chão.

Em pouco tempo você sentirá seu corpo relaxado.

Agora, descanse seus pensamentos, queira que tudo se tranquilize e que sua mente fique limpa e silenciosa.

Volte-se para o seu interior. Você agora consegue sentir e perceber suas emoções e objetivos, já que todas as suas forças encontram- se refeitas, e a atenção da sua mente não mais se espalha.

Enquanto seus músculos relaxam, o sangue vai até lugares do seu corpo que precisam de cura…

Totalmente entregue ao relaxamento, você começará a sentir agradável sensação de bem-estar.

As linhas de preocupação do rosto se encontram apaziguadas.

A face e os olhos relaxados sentem a leveza do corpo.

 

Permaneça nesse estado de abandono por 15 minutos, ou o tempo que desejar.

Não o interrompa bruscamente.

 

Para finalizar o relaxamento:

Fazendo uma inspiração profunda, leve os braços ao alto da cabeça, unindo as palmas das mãos. Estique-se longamente, expire e solte…

Prepare-se por alguns segundos e sente-se lentamente.

Toda a sua musculatura estará muito alongada e tranquila. Deixe-se levar por esse estado de relaxamento, sabendo que tudo vai colaborar para que você sinta mais serenidade.

 

Relaxamento sentado

Para um rápido relaxamento na posição sentada, pratique sempre que sentir cansaço.

Tire os sapatos, se for possível.

Sente-se numa cadeira na posição mais confortável possível, sem cruzar os braços ou as pernas.

Mantenha a coluna reta e as mãos pousadas sobre os joelhos.

 

Tome consciência do seu corpo: 

Feche os olhos.

Observe com atenção e lentamente a sua cabeça, suas costas, seus braços e mãos, seu quadril, glúteos, suas pernas e seus pés apoiados no chão.

Solte os maxilares e relaxe as pernas.

 

Agora concentre-se em sua respiração:

Inspire puxando o ar pelo nariz e enchendo o abdômen de ar. Pare, contando até 5, e expire lentamente…

Conforme inspira, seu abdômen se enche, o peito se eleva.

Ao expirar, seu peito abaixa e seu abdômen se esvazia suavemente.

Repita por 6 vezes.

A cada respiração a mente se tranquiliza e o coração bate mais calmo.

Tente limpar a mente de qualquer mau pensamento ou preocupação.

Permaneça nesse estado de relaxamento por 15 minutos ou o quanto quiser.

 

Para finalizar:

Comece pouco a pouco a sentir cada parte do seu corpo: cabeça, nuca, ombros, costas, braços, mãos, glúteos, coxas, pernas e pés.

Mexa os dedos dos pés e das mãos, estique as pernas e os braços e solte…

Abra os olhos.

 

Diga durante o relaxamento, tanto deitado como sentado:

“A preocupação com o meu passado ou futuro se dissipam. Aceito o meu valor como pessoa. Toda a tensão do meu corpo está indo embora.”

Deixe-se levar por esse estado de relaxamento durante todo o dia.

 

Que a paz de Deus habite plenamente em seu coração.

Meu abraço afetuoso,

 

Jane Fiorentino

 

O conteúdo deste post é de inteira responsabilidade do autor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esquadrão da moda