Prepare-se para a primavera

0 Love

A chegada da primavera encanta nossos olhos com sua beleza – a própria natureza, por si mesma, exalta seu Criador.

A nova estação se torna mais bela, vestindo-se de flores das mais variadas cores, de intensos e diversos perfumes.

O clima proporciona o início do período reprodutivo de muitas árvores, plantas e animais.

Os dias começam a ficar mais longos e o tempo começa a esquentar, trazendo alívio e aquecendo o coração.

Passamos o inverno, com os seus dias frios, cinzentos e úmidos. Aí, sentimos algum desconforto, um certo desânimo, sem falar da melancolia e até momentos de depressão.

Vimos muitas árvores secas e frágeis, parecendo sem vida ou até mortas…

Agora, olhando as mesmas árvores, vemos pequeninas folhas crescendo em seus galhos secos, em busca de uma nova vida.

Também nós passamos por certos períodos da vida de contentamento ou por situações tristes, dias de solidão, crises e perdas. Porém, sempre com a esperança da renovação – assim como as árvores que pareciam sem vida e mortas, mas se fortaleciam em seu interior, por mais que o exterior estivesse sem beleza ou vigor.

Nessa atmosfera da primavera renovamos nossa vida, limpando nossa alma e nos preparando para novos caminhos.

 

A cada dia, um novo ânimo!

  • Nos tornamos mais otimistas, fazendo tudo com alegria e gratidão.
  • Olhamos para frente e deixamos de lado pesos desnecessários.

 

Organizamos nossa mente e procuramos desacelerar

  • Vemos as coisas com mais clareza e nos tornamos mais observadores, pensando antes de falar ou agir.
  • Damos mais atenção à saúde, à alimentação, à prática de exercícios e principalmente à nossa vida espiritual.

 

Paramos com “frescuras” nesta primavera

  • Com drogas, cigarro, álcool, pornografia, adultério, arrogância, inveja e tudo que atrasa o nosso desenvolvimento físico, emocional e espiritual.

 

Procuremos ajuda, se necessário.

 

Nada como uma boa faxina em tudo!

  • Solucionamos as questões acumuladas; aquilo que nos serve fica, aquilo que queremos abandonar deixamos ir… Tchaaaau…
  • Também fazemos uma boa faxina na casa; limpamos tudo, cada cantinho, e conservamos o essencial e importante.

 

Escolhemos viver de forma mais humana

  • Escolhemos viver de forma mais humana, sem causar sofrimento às pessoas, aos animais e respeitando a natureza.
  • Podemos plantar árvores, cuidar de plantas, hortinhas, jardins…

 

Empenhamo-nos com um propósito nesta primavera

  • Viver mais as coisas celestiais.
  • O materialismo leva ao culto da vaidade exacerbada do consumismo e faz esquecer de que temos uma alma.

 

Examinamos nosso modo de ser

  • Devemos desfrutar das coisas boas na medida em que são necessárias para a saúde física, psicológica e espiritual.
  • Aprendemos a usar a nossa liberdade de escolher o bem, lembrando que “o que agora plantamos um dia colheremos”. Não dá para escapar das consequências de nossas ações!
  • Somos gratos a Deus por nossa vida e por tudo o que somos e temos.
  • Oramos pelas pessoas que nos cercam, como também por outras pessoas que necessitam de oração.
  • Podemos iniciar um trabalho voluntário e praticar a caridade, ajudando os mais necessitados.

 

A nossa saúde na primavera

A época do ano é marcada pela maior concentração de pólen no ar, que atinge a todos e é difícil ser evitada.

As crises de alergia são mais frequentes ao respirar o pólen das flores. Elas afetam os olhos, causando vermelhidão, inchaço e conjuntivite.

Também há as alergias respiratórias, rinites, nariz escorrendo, tosse.

As crianças são as mais afetadas, com doenças virais e bacterianas, varicela, gastroenterite, meningite, catapora, principalmente em tempos muito quentes.

 

A maior concentração de pólen é no final da tarde, por isso é bom manter a casa fechada nesse período.

Como esfria à noite, ao sair de casa, tenha um agasalho para se proteger do frio.

Use roupas de algodão, principalmente nas crianças.

 

O nariz representa o “sistema de filtração” do ar que respiramos

Sua função é proteger os pulmões de pequenas partículas que entram pelas narinas ao filtrar o ar, limpando-as, e assim deixar as demais vias aéreas mais hidratadas, evitando que sequem.

Quando uma pessoa sofre com alergias respiratórias ou acúmulo de sujeira, o nariz fica congestionado, dificultando a respiração.

Limpar a parte interna do nariz todos os dias é para que as narinas fiquem desobstruídas, o que melhora a circulação do ar, abrindo as passagens dos seios de face.

A profilaxia do sistema respiratório é muito importante, porque o nariz é o órgão que mais usamos – as narinas precisam manter uma boa função.

 

Estamos sujeitos à qualidade do ar de cada ambiente

Do ar condicionado, mudanças de temperatura, umidade, poluição, e em certas épocas do ano com a umidade do ar muito baixa, não só na primavera.

Lavar as narinas é importantíssimo para a sua limpeza e hidratação.

A limpeza nasal, feita naturalmente, beneficia o organismo, como também o lado psíquico, auxiliando no tratamento do sono e melhorando a memória e a concentração.

 

Apenas água e sal: o “remédio mais antigo do mundo”

Todos podem se beneficiar com essa forma simples e de baixo custo de cuidar da saúde.

 

A água tem função vasodilatadora.

O sal (cloreto de sódio) age como bactericida e amolece a crosta de muco, que começa a sair em forma de secreção.

 

Prepare a solução em casa ou use soro fisiológico vendidos em farmácias.

  • Adicione uma colher chá de sal em um copo de água fervida, filtrada ou mineral.
  • Pode pôr também duas gotas de limão, em casos de rinites persistentes.
  • Colocar o preparado em uma garrafinha de soro fisiológico vazia, ou aspirar a água do copo através das mãos em forma de concha.
  • Use a solução uma vez por dia, de manhã ou à noite.
  • Evite o risco de contaminação por bactérias lavando bem as mãos antes da aplicação.

 

Como usar:

  • Fique sobre uma pia para expelir o muco pelo nariz.
  • Coloque o bico da garrafinha na narina esquerda, aperte para que o líquido saia e vá bem no fundo da garganta.
  • Agora incline a cabeça para a frente para que a solução seja expelida pelo nariz. Ela não deve ser engolida, mas cuspida na pia.
  • Repita com a narina direita.
  • O processo pode ser repetido algumas vezes.
  • Pode haver uma leve sensação de queimação no nariz quando o soro é usado pela primeira vez devido à salinidade. Após alguns usos, a queimação desaparece.

Para crianças, usar o conta-gotas: três a quatro gotas para cada narina.

 

A maratona dos descongestionantes nasais

Fabricados pelas indústrias farmacêuticas, que têm altos lucros com a venda desses medicamentos, que “abrem” e “fecham” as narinas, viciando e tornando seu uso contínuo.

Entre os efeitos colaterais: dor de cabeça, tontura, náuseas, muco com sangue, sangramento nasal, alergias…

 

Crianças não devem usar descongestionaste nasal sem orientação médica.

Nas farmácias existe um spray nasal para descongestionar as narinas sem efeito colateral, feito com água purificada, sal e extrato de semente de uva. Converse com seu farmacêutico!

 

Uma boa faxina corporal

Durante o inverno a pele desidrata, às vezes descama, e pode se tornar mais sensível.

Agora, na primavera, é um momento propício para uma recuperação geral da pele, com uma boa limpeza, esfoliação e cremes hidratantes.

Utilizamos alguns alimentos excelentes para esfoliação como mel, azeite, óleo de girassol, fubá, açúcar cristal, limão, sal marinho.

Os esfoliantes limpam profundamente a pele, removendo o acúmulo de impurezas, melhoram a circulação sanguínea, abrem os poros, tornando a pele mais receptiva para receber uma bela hidratação.

 

Esfoliação para o rosto com fubá e mel

A combinação do fubá com o mel cria um esfoliante poderoso – basta ter atrito com a pele.

 

Misturar:

  • 1 colher (sopa) de fubá
  • 1 colher (sopa) de mel

Formar uma pasta grossa.

 

  • Aplique no rosto lavado e limpo, massageando com movimentos circulares, de baixo para cima, começando pelo queixo, umedecendo as pontas dos dedos com água se necessário.
  • Depois de esfoliar bem, deixe a máscara secar por mais ou menos 15 minutos.
  • Em seguida enxágue com água corrente.
  • Enxugue a pele e aplique um creme hidratante.

A máscara pode ser feita duas vezes na semana.

 

Esfoliação para o corpo com sal marinho, azeite e limão

A esfoliação elimina as células mortas da superfície da pele, evita pelos encravados, previne o envelhecimento e a flacidez da pele.

A receita é feita na hora em uma tigela.

 

Fazer uma pasta:

6 colheres (sopa) de sal marinho

4 colheres de óleo ou azeite e suco de um limão.

 

  • Comece tomando uma chuveirada com água morna e sabonete. Desligue o chuveiro.
  • Os movimentos devem ser feitos de baixo para cima e com alguma pressão.
  • Espalhe a mistura nas duas mãos e inicie pelas pernas, joelhos, coxas, culote, bumbum, barriga, braços, cotovelos, ombros, costas, e com movimentos mais leves nos seios e colo. Finalize massageando os pés.

Depois da esfoliação tome uma ducha para retirar todo o produto, enxugue a pele e passe um hidratante. Descanse um pouco.

 

Bom início de primavera, com o cheiro das flores invadindo nossas narinas.

 

Abraços

Jane Fiorentino

 

O conteúdo deste post é de inteira responsabilidade do autor. – escrito por Jane Fiorentino. Leia outros posts da Dona Jane aqui. Acompanhe o Instagram da Isabella para mais dicas de moda, beleza e comportamento.

Comentários

  1. Claudia Achui 14 de setembro de 2016 at 0:15
    Responder

    Lindo texto,adorei as dicas para a pele.

    Atenciosamente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esquadrão da moda