Prepare-se para o Natal

2 Love

Estamos caminhando em direção a luz que é o nascimento de Jesus; a esperança de um mundo mais cristão, mais puro, mais fraterno entre os povos, pela compreensão do próprio valor humano.

Em meio a tantos apelos do comércio, enfeitar e preparar a casa, a chegada do Papai Noel, procuramos sentir a verdadeira alegria dessa data, que é o nascimento de Jesus.

Muitos sentimentos positivos acolhem nosso coração, e cresce o clima de amor, reconciliação, perdão e paz.

É uma época aguardada com expectativa por todos, principalmente pelas crianças, na preparação da árvore de Natal, do presépio e dos presentes do Papai Noel.

Durante a montagem do presépio, procuremos nós mesmos refletir e conversar com as crianças sobre o sentido do Natal, contando a história de cada personagem e sobretudo o sentimento de gratidão a Deus pelo nascimento de Jesus, que veio ao mundo como luz para salvar a humanidade dos poderes do mal e ensinar a viver o caminho do amor e da fraternidade.

Ensine também sobre a importância de fazer as pazes, não ofender os colegas, respeitar os mais velhos, cumprir as tarefas diárias com dedicação.

Para os católicos, a Santa Missa é a parte mais importante do Natal. Por isso, se organize para participar dessa linda celebração com a família.

Aproveite o clima natalino apresentando às crianças assistirem filmes como: Rena do nariz vermelho, Uma história de Natal, A história verdadeira do Natal.

 

É tempo de pacificação e de praticar boas ações 

Pacificamos nossa alma, nossa casa, nosso trabalho e onde estivermos.

Em tristezas e desunião em família, pedimos a Deus que prepare o nosso coração.

A reunião do dia 24 e 25 é celebrada fraternalmente com a família. Pode ser um momento delicado, que quase sempre revela a complexidade dos laços familiares. Devemos estar cheios de amor e compreensão para que haja paz, sem tocar em assuntos polêmicos como religião e política.

Também vamos refletir sobre a importância das boas ações, de como ajudar a quem precisa, compartilhando os nossos alimentos e separando brinquedos para doar.

 

A paz é para todos

Estamos em um mundo de agitação, sem tempo de parar e refletir.

Essa agitação também se reflete na vida espiritual, em nossa oração, em nossa comunhão com Deus.

Vamos parar e nos perguntar como estamos vivendo a dádiva que é a nossa vida.

  • Faço minhas orações diárias?
  • Sou egoísta? Ajudo meu próximo?
  • Sou humilde, reconhecendo minhas faltas?
  • Sou manso? Procuro não ferir o outro?
  • Considero as pessoas e as perdoo?
  • Procuro fazer as pazes?

O pensamento que mais pode nos atormentar e tirar a tão necessária paz é o sentimento de culpa.

Culpa no desempenho do trabalho, na educação dos filhos, por querer agradar aos outros etc.

Como sabemos que esses sentimentos nos fazem mal?

Quando sentimos falta de esperança, angústia, desânimo…

Em primeiro lugar, é preciso honestidade, porque a maior responsabilidade que temos é conosco, buscando reavaliar esses sentimentos e mudar os pensamentos em relação a eles.

Se fizermos tudo com amor e boa-vontade, podemos ficar em paz com a nossa consciência, e descansamos em Deus.

Por mais difícil que seja a batalha, Deus está sempre presente, e justamente nesse momento é que Ele atua.

Precisamos confiar e rezar.

 

Paz interior

O primeiro passo é ser humilde e reconhecer quando erramos. Em seguida, é levantar- se, pedir perdão e continuar andando.

É Deus quem guiará nossos passos, nos transformando para manter a serenidade em nossas escolhas, pois nessa hora é fundamental estar em paz e ter discernimento.

Se aceitarmos as nossas falhas com humildade, cresce e se manifesta em nós um grande amor a Deus.

 

A regeneração do mundo e a paz

“Então, o lobo será hóspede do cordeiro,

A pantera se deitará ao pé do cabrito,

O touro e o leão comerão juntos e um menino pequeno os conduzirá.

A vaca e o urso se confraternizarão, suas crias repousarão juntas,

E o leão comerá palha com o boi.

A criança de peito brincará junto à toca da víbora e o menino desmamado meterá a mão no buraco da cobra venenosa.

Não se fará mal nem dano em todo o meu santo monte. porque a terra estará cheia da ciência de Deus.”

(Isaías, capítulo 11)

 

Feliz e santo Natal!

 

Abraços

Jane Fiorentino

 

O conteúdo deste post é de inteira responsabilidade do autor – escrito por Jane Fiorentino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esquadrão da moda