Gravidez x exercício

0 Love

Muitas mulheres têm dúvidas quanto à prática de atividade física durante o período de gestação. Sempre imaginando se será ou não benéfico para ela e para o bebê. Por isso, convidei o educador físico Raphael Fiorentino para escrever este post e nos orientar de uma maneira mais profissional sobre esta prática durante a gravidez. Segundo ele, a atividade física em geral já traz inúmeros benefícios para pessoas em situação normal, como ganho de massa muscular, melhor circulação sanguínea, melhora no humor e auto-estima, definição e tônus muscular, etc. Agora, imaginem o quão benéfico é para uma gestante. Carregando um “sobrepeso”, ter uma musculatura fortalecida quer dizer que a grávida estará preservando suas articulações, regulando seu sistema hormonal, o qual é sempre alterado nesse período e diminuindo as chances de desconfortos como dores lombares, fadiga e inchaço.

Mas será que todas as mulheres podem se exercitar sem problemas? NÃO. Na verdade, dificilmente há 100% de restrição quanto a isso, mas na maioria dos casos, há de se tomar alguns cuidados, principalmente em gestantes que já tiveram problemas em gestações anteriores como, por exemplo, aborto espontâneo, bebês prematuros, grandes sangramentos, placenta muito baixa, pressão alta entre outros fatores.

É claro que tudo há de ser feito com tranquilidade e equilíbrio, juntamente com uma alimentação adequada para que essa atividade, onde não pode haver gastos calóricos exagerados, comprometendo a formação e o desenvolvimento do bebê. Escolha às atividades as quais já está habituada, sem grandes novidades e de preferência com o acompanhamento de um profissional da área de educação física ou fisioterapeuta.

Portanto, não perca mais tempo, vá a seu médico e inicie atividade física de forma segura e eficiente. É bom pra você e melhor ainda para seu bebê!

Vejamos um exemplo de exercício apropriado para gestantes, nesse caso um treino de fortalecimento muscular:

 

[column2]

EXEMPLO 1: Agachamento com bola

fiorentino_comportamento_gravidez_rara-01

[/column2]

[column2_last]

 

fiorentino_comportamento_gravidez_rara-02

[/column2_last]

[column2]
EXEMPLO 2: Elevação Pélvica

fiorentino_comportamento_gravidez_rara-03
[/column2]

[column2_last]
EXEMPLO 3: Quatro Apoios

fiorentino_comportamento_gravidez_rara-04
[/column2_last]

[column2]
EXEMPLO 4: Rosca Direta Bola

fiorentino_comportamento_gravidez_rara-05
[/column2]

[column2_last]
EXEMPLO 5: Remada com Elástico

fiorentino_comportamento_gravidez_rara-06
[/column2_last]

[column2]
EXEMPLO 6: Supino Máquina

fiorentino_comportamento_gravidez_rara-07
[/column2]

[column2_last]

 

Lembrando sempre que esses são apenas alguns exemplos para gestantes em condições normais na gestação. Fale sempre com seu médico a respeito!
[/column2_last]

Comentários

  1. Rossana Nacarado 19 de março de 2013 at 17:15
    Responder

    Ótimas dicas! Lembrarei das orientações durante minha futura gestação. Obrigada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esquadrão da moda