“Gordura Boa”

0 Love

Sabemos que a gordura corporal é o que mais incomoda as pessoas, principalmente a gordura localizada. Treinos e mais treinos, corridas, musculação e qualquer tipo exercício que prometa queimar aquela gordurinha extra são sempre feitos à exaustão para tentar um melhor resultado, muitas vezes sem o êxito esperado. Isso acontece porque existem muitos fatores que influenciam a queima e utilização da gordura como fonte de energia, e assim, por consequência, sua diminuição no corpo. Isso nós já discutimos em outros posts e ainda falaremos no futuro, mas minha principal dica hoje é como utilizar a gordura proveniente dos alimentos como um método para ajudar a queimar nossa própria gordura corporal. E mais, saberemos como sua ingestão ajuda em nosso desempenho, seja na modalidade que for.

Primeiramente, é preciso saber que existem diversos tipos de gordura, nem todas benéficas. As gorduras trans e saturadas, por exemplo, são péssimas para nossa saúde: vão aos poucos entupindo nossas artérias, e por consequência podem causar problemas diversos, como os cardíacos, derrames, câncer, entre outros, além, é claro, da parte estética. Porém, alimentos como o abacate, azeite extra virgem (não aquelas misturas de óleos), castanhas em geral, peixes etc. contêm as chamadas gorduras mono e poli-insaturadas, que, além de serem muito saudáveis, desempenham um papel fundamental para o bom desenvolvimento do organismo.

Mas, além da saúde, como elas podem nos ajudar no desempenho e nos resultados dos treinos? Elas são responsáveis por equilibrar os hormônios do nosso corpo, fazendo com que haja um melhor funcionamento das nossas funções bioquímicas, ajudando no crescimento, desenvolvimento e recuperação do desgaste resultante do treino bem feito! Nosso corpo fica num processo de oxidação grande quando o estimulamos de maneira intensa, seja qual for a modalidade de treino que praticamos. Com ajuda das gorduras boas, esse processo inflamatório diminui, a fadiga diminui, e os resultados começam a aparecer.

Uma boa maneira de usar a gordura boa é ingerir antes dos treinos. Ultimamente está sendo utilizada, por exemplo, a gordura do coco, que nosso organismo usa como fonte de energia, estimulando-o a consumir nossa própria gordura corporal, ou seja, a gordura que temos acumulada, aumentando a queima durante a atividade física! É importante dizer, porém, que gordura é gordura. Ou seja, se consumida mais do que se deve, ela engorda, mesmo a gordura que nos faz bem. Tudo em excesso faz mal à saúde. Porém, sabendo utilizar nos horários e maneiras corretas, os benefícios serão diversos, para a saúde, para a estética e para o desempenho! Então, não esqueça que a melhor opção para saber como você deve obter esses benefícios é procurando o auxílio de um nutricionista.

 

Se você tiver alguma dúvida, mande suas perguntas nos comentários que o Rapha responde! 

 

O conteúdo deste post é de inteira responsabilidade do autor. – escrito por Rapha Fiorentino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esquadrão da moda