O Jejum

0 Love

O jejum é considerado como uma purificação física (dá descanso ao organismo) e espiritual.

Na religião é uma disciplina penitencial para o arrependimento, para voltar-se a Deus, e deixar o corpo leve para a oração.

 

Praticamente todos os povos indígenas seguem algum tipo de abstinência alimentar em momentos críticos: durante a gravidez, o casal segue restrições alimentares; também faz jejum quando a criança nasce, ou em benefício de um parente que está doente.

 

O jejum regular serve como um caminho natural para a saúde, limpando as toxinas do corpo. Deixa os sentidos mais apurados, o corpo mais saudável, um pouco fraco, mas não entorpecido por gorduras ou peso extra.

 

O conceito do jejum é refrear a gula e disciplinar o nosso comer.

Barriga vazia também deixa a pessoa mais humilde.

Com as forças mais enfraquecidas se tem uma visão mais humilde de si mesmo, já que o ego tem dificuldade de aceitar suas fraquezas…

 

O corpo é insaciável, com a sede das necessidades e dos desejos – quer sempre mais, por fome, por sede, e por outros motivos.

O jejum como forma de acalmar esse corpo insaciável deixa a pessoa mais feliz quando domina seus desejos, e mais forte espiritualmente.

Muitas culturas religiosas afirmam que o corpo é uma prisão para a alma.

 

É possível escolher a forma de jejuar

 

 

1 – Refrear a gula

 

O importante é a disciplina de não comer nada além das três refeições, sem “beliscar” ou abrir a geladeira várias vezes para comer “uma coisinha”. Evitar balas, doces, chocolates, biscoitos.

Deixar de lado os refrigerantes, bebidas e cafezinhos.

 

A base desse jejum é que você tome o café da manhã e depois faça apenas uma refeição – almoço ou jantar.

A outra refeição você poderá substituir por uma pequena porção de alimentos simples.

 

2 – Jejum de pão e água

Nesse caso, o jejum é beber água quando se tem sede e comer pão quanto se tem fome.

Não comer pão e beber água ao mesmo tempo, nosso tipo de pão quando comido com água geralmente fermenta no estômago, provocando dor de cabeça.
Nosso corpo necessita de água, por isso beba mesmo se não tiver sede.
Em dias frios, os caldos quentes são bastante nutritivos, além de aquecer.

 

 3 – Jejum de líquidos

Temos uma variedade de opções que nos mantêm bem dispostos.
Tomar chá, desde que seja quente, puro (assim você estará se privando da glicose) ou adoçado com um pouco de mel ou açúcar.
O chá alimenta e mantém o corpo aquecido.
Possível também tomar laranjada, limonada, sucos de frutas e de legumes como cenoura, beterraba e verduras, especificamente no verão.

 

4 – Jejum completo

Nesse tipo de jejum não se come coisa alguma, apenas se bebe água.
Tome água várias vezes ao dia para manter o corpo hidratado.
É recomendável, antes de experimentar esse tipo de jejum, que tenha feito o de pão e água e o à base de líquidos, que podem servir de treino.

É fundamental ter em mente que não estamos fazendo um teste de resistência física.
O jejum é para nos disciplinar e favorecer nossa vontade.

 

Observações finais

É bom tomar seu café da manhã, e a partir daí iniciar o jejum; assim você ficará livre dos ácidos do estômago, da dor de cabeça e da indisposição.

Se não pretende tomar o café da manhã completo, tome suco de frutas.

 

Para quebrar o jejum, use água de limão e em seguida frutas.
“Após vários jejuns o corpo se acostuma a não queimar calorias, guarda reservas para sobreviver.”

 

Grande abraço,

Jane Fiorentino 

 

Escrito por Jane Fiorentino. – O conteúdo deste post é de inteira responsabilidade do autor.

Comentários

  1. Giselly 17 de março de 2015 at 22:03
    Responder

    Estamos num momento propicio ao jejum e oração.
    Mas é importante se manter de bem, alegre e em oração.
    Nossa vida muda é maravilhoso!

  2. Sonia Apparecida Simões 18 de março de 2015 at 3:37
    Responder

    Parabéns à Isabella, pela sua explanação sobre o JEJUM! E tbém, para os católicos, será muito útil essa informação, pois a maioria não sabe o porque do jejum na 6a. Feira da Paixão! Já era sua fã, e isso me fez com que minha admiração por vc., não seja somente pela sua beleza física e tbém sua elegãncia! Abraços, querida!

  3. CRISTINA 19 de março de 2015 at 22:13
    Responder

    MARAVILHOSA A EXPLICAÇÃO…PARABÉNS !!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esquadrão da moda