Elimine Gordura Abdominal

2 Love

Como sempre digo nos posts sobre queimar gordura, a alimentação é o aliado número um e o principal fator que determinará seus resultados. Uma dieta balanceada e hipocalórica, ou seja, de baixa caloria, resultará em definição muscular e perda de gordura localizada!

Não conseguimos focar na queima da gordura localizada em si. Ou seja, não há maneira de especificar o local da queima. Seu corpo usará a gordura acumulada no corpo como um todo, pernas, barriga, rosto etc. O segredo é fazer com que ele use gordura como combustível.

A ideia não necessariamente é só fazer abdominais, e sim exercícios que ajudam a queimar a maior quantidade de calorias, sem sair de casa e sem o uso de aparelhos ou acessórios. Pensando nisso, vamos focar aqui em exercícios mais complexos, onde usamos músculos maiores, com mais articulações envolvidas, para assim o corpo gastar mais calorias.

Vamos resumir a série em seis repetições seguidas de cada exercício, divididos em 30’’ de esforço com 20’’ de intervalo, cronometrados, para ter um resultado mais satisfatório.

Para ficar mais simples de entender, vamos à sequência:

 

CORRIDA NO LUGAR

Sempre intercalando braços e pernas opostos. Contraia bastante o abdômen e aterrisse com a ponta dos pés e depois o meio.

 

POLICHINELO INVERTIDO

Como um polichinelo tradicional, mas em vez dos braços e pernas fazerem um movimento de abertura, aqui eles irão para frente e para trás, intercalando braços e pernas opostos.

 

BURPEE

Uma adaptação, exatamente como na imagem. Saindo da posição deitada de barriga para baixo, faça flexão de braços puxando os joelhos e ficando em posição agachada, fazendo o salto estendido na sequência.

 

ESCALADOR

Na posição de prancha com braços estendidos, faça movimentos de elevação do joelho, alternadamente sem parar. Contraia bastante o abdômen e não deixe o quadril cair.

 

AGACHAMENTO COM SALTO

No momento do impacto na volta do salto, contraia o abdômen e amorteça a queda. Não precisa ser um salto muito alto; preze pela qualidade do movimento.

 

Você pode repetir o treino mais de uma vez, contanto que sinta que a qualidade dos movimentos não está caindo, e não esteja sentindo nenhum tipo de dor ou desconforto.

Bons treinos!

 

O conteúdo deste post é de inteira responsabilidade do autor. – escrito por Rapha Fiorentino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esquadrão da moda