Ano Novo Vida Nova

0 Love

O calendário é uma criação humana, o tempo é sempre o mesmo.

Criamos o calendário, medimos o tempo, damos à passagem de um ano para outro um significado: renovação, esperança, novos planos.

 

O ano novo pode ser importante à medida que nos inspira para uma vida diferente e renovada.

Santo Agostinho, fala de um tempo psicológico em contraste com o tempo exterior ao ser humano, ou seja, um tempo como lembranças (passado), atenção (presente) e projeção (futuro).

 

Fortalecidos pela esperança, 2015 será um ano que irá inspirar nossos ideais mais elevados, estaremos conscientes e mais seguros para desempenhar cada qual o seu papel.

Algumas dificuldades poderão nos levar ao desânimo, porém coragem e confiança estarão presentes em possíveis desafios.

 

Teremos os momentos de reflexão para rever nossas capacidades pessoais, nossas limitações e defeitos.

 

Quando olhamos para o espelho, vemos marcas que exprimem sentimentos de alegrias, tristezas, decepções, que o tempo se incumbe de deixar.

 

Novo ânimo

Diante das situações difíceis, não fiquemos desanimados e sem rumo, nem deixemos que os fatos sejam apenas fonte de frustração e amargura; o desânimo influencia nosso entendimento e pode diminuir o valor daquilo que vem pela frente.

Prestaremos mais atenção nas coisas que acontecem ao nosso redor antes de agir.

A atenção desfaz o entendimento incorreto das coisas, perceber o que é certo, e poder agir melhor.

Refazendo o coração de rancores e ressentimentos que se instalam como veneno dentro de nós.

 

O rancor é um sentimento que surge diante do que percebemos como uma ofensa.

Ainda que ela seja real, pode ser exagerada por nós: uma crítica, uma chamada de atenção, um olhar de indiferença, um determinado tom de voz, quem não nos cumprimentou… Tudo isso nos machuca, porque estamos muito preocupados conosco mesmos.

A imaginação pode nos levar a enxergar as coisas de maneira distorcidas e provocar um rancor sem fundamento!

 

Conhecer o nosso temperamento, nos ajuda bastante: se gostamos de guardar bons sentimentos e boas lembranças do passado, ou se gostamos de carregar o peso do ressentimento.

Rompemos esta barreira sendo objetivos e nos controlando racionalmente.

Precisamos nos livrar de julgamentos rudes e cruéis sobre nós e sobre os outros afinal alguns dias são melhores do que outros.

O mundo espiritual não está desvinculado de nossas atividades diárias, proteja-se, aproxime-se mais da oração.

Toda a vez que nos entregamos às lamentações e intrigas, alimentamos o nível espiritual de seres que se alimentam do mal.

 

Lista de bons propósitos e renovação de hábitos
– desafios pessoais fortalecem a vontade.

Fazer propósitos para com Deus, para com você e para com os outros.

Momentos de oração.

Pensar mais no outro que em si mesmo numa relação a dois.

Fazer um trabalho voluntário.

Servir alguém com alegria e bom ânimo.

Cuidar mais da saúde, comendo menos doces, adequar-se a um peso saudável, fazer um esporte…

Ser mais compreensivo, precisamos uns dos outros.

Renovar a sua compreensão com as pessoas, evitando brigas, ressentimentos e mágoas.

Sorrir e estar mais com a família.

Importar-se com os filhos participando com eles em suas atividades escolares.

Sair com eles para um passeio, um lanche ou um bate-papo.

Ter uma atenção para com os mais velhos, quem sabe, já estão se preparando para se retirar do cenário desta vida.

Organizar os gastos.

Evitar fazer dívidas – dinheiro sendo fruto do seu trabalho é abençoado, e não deve ser esbanjado.

Aliviar os pensamentos e preocupações desnecessárias. “A cada dia basta o seu cuidado, o dia de amanhã terá as suas preocupações próprias”

Evitar gritar ou aumentar o tom da voz.

Desligar a TV sempre que puder.

Exibicionismos é coisa ultrapassada – aprenda a sobreviver com menos coisas.

Reutilizar e evitar desperdício de roupas, objetos, alimentos…

Diminuir os impactos do consumismo em relação à natureza.

Não discutir sobre política – futebol – religião.

Procurar falar de assuntos que podem gerar discórdia e mal entendido, com calma e sem fanatismo.

Evitar notícias desagradáveis sobre crimes, violência…

Livrar-se de vícios e procurar ajuda se necessário.

Tenha gratidão pela vida, com ela atraímos paz, saúde e prosperidade!

 

 

Feliz Ano Novo!

Tudo começa outra vez.

Sejam gratos e prósperos!

 

Abraços

Jane Fiorentino

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esquadrão da moda