Isabella Fiorentino https://www.isabellafiorentino.com.br Portal IF Fri, 20 Jul 2018 16:20:10 +0000 pt-BR hourly 1 Treino de Circuito https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/treino-de-circuito/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/treino-de-circuito/#respond Fri, 20 Jul 2018 16:20:10 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13817 Sequência de combinados para atingir seu objetivo

O post Treino de Circuito apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

Vamos focar um pouco em fortalecimento muscular! Esse treino consiste em exercitar o corpo todo de maneira que se torne um treino ininterrupto, trabalhando tanto a parte muscular como cardiovascular, mesclando exercícios com peso e esteira!

São 7 exercícios no total, combinando sempre dois deles, sendo que um dos exercícios faremos em mais de um combinado, e dando um intervalo de 1 minuto, correndo ou caminhando forte na esteira. Pode também utilizar transport ou bike ergométrica!

Vamos começar, combinados sempre de 12 repetições cada exercício e depois um minuto de intervalo ativo. Repita 2x cada ciclo.

 

COMBINADO 1: STIFF BARRA RETA COM REMADA NEUTRA NO BANCO

Descendo com os joelhos estendidos, porém, sem forçar a articulação, alongue o posterior da coxa contraindo sempre muito o abdômen, até deixar a lombar e cervical alinhadas, sem curvar. Suba devagar, contraindo bem os glúteos e posterior de coxa.

Em um banco inclinado, pegue um pesinho em cada mão e faça o movimento para cima, com a pegada neutra. Deixe sempre a cabeça alinhada com o corpo.

 

COMBINADO 2: AFUNDO E DESENVOLVIMENTO COM FLY NO COLCHONETE

Pegue um pesinho com a mão esquerda, coloque o pé direito na frente, flexionando o joelho até 90 graus, estendendo o braço esquerdo acima da cabeça, com sincronia. A pegada é neutra, ou seja, palma da mão virada em direção da cabeça. Suba novamente, voltando também o braço. Repita.

Deitada no colchonete, pegue dois pesinhos elevando-os acima da cabeça. Na descida, deixe os braços flexionados em 90 graus e suba novamente. Não deixe os braços relaxarem ao encostar-se ao colchonete. Apoie bem a lombar no chão e não tire mais.

 

COMBINADO 3: AGACHAMENTO SUMÔ COM ESCALADA

Esse agachamento consiste em deixar a ponta dos pés levemente na diagonal. Pegando apenas um pesinho com as duas mãos, desça devagar jogando o quadril para trás. Os joelhos vão levemente à direção da ponta dos pés, não os force para dentro.

A Escalada é uma prancha com os braços estendidos. Quando a postura estiver correta, flexione uma das pernas, indo com o joelho em direção dos braços, contraindo bem o abdômen para não deixar a postura cair. Volte com a perna na posição inicial e troque. Sempre alternando o movimento intercalando as pernas.

 

COMBINADO 4:  SUBIDA NO BANCO COM ESCALADA

Esse pode ser feito num banco ou step de academia. Com uma perna de cada vez, faça o movimento para cima e desça devagar. Não jogue o corpo para frente quando subir e sim para cima, sempre.

Novamente, combine com a escalada.

 

Se você tiver alguma dúvida, mande suas perguntas nos comentários que o Rapha responde! 

 

O conteúdo deste post é de inteira responsabilidade do autor. – escrito por Rapha Fiorentino.

O post Treino de Circuito apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/treino-de-circuito/feed/ 0
Esquadrão 14/07 https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-14-07/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-14-07/#respond Mon, 16 Jul 2018 19:16:56 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13810 Mais um episódio inédito do Esquadrão da Moda

O post Esquadrão 14/07 apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

Edilaine Meneses tem 40 anos, é representante comercial e uma profissional excelente no que faz. Feliz no trabalho e no casamento, Edilaine é também mãe orgulhosa de duas meninas de 14 anos. Mas há um probleminha que incomoda bastante Edilaine e afeta diretamente sua maneira de se vestir: o inevitável avanço da idade. Veja o desafio da semana da Isabella e do Arlindo neste episódio inédito do Esquadrão da Moda, no SBT.

 

 

O post Esquadrão 14/07 apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-14-07/feed/ 0
Esquadrão 07/07 https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-07-07/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-07-07/#respond Wed, 11 Jul 2018 21:28:30 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13803 O episódio dessa semana está imperdível!

O post Esquadrão 07/07 apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

Jaqueline Peres tem 29 anos e trabalha numa empresa como analista financeira. Bela e com o corpo farto de curvas generosas, Jaque adora chamar atenção exibindo seus atributos. E essa vontade de ser notada que acaba regendo totalmente o estilo da Jaque se vestir – para desgosto da sua mãe. Assista novamente e veja o desafio da Isabella e do Arlindo no Esquadrão da Moda, no SBT.

 

 

O post Esquadrão 07/07 apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-07-07/feed/ 0
Calça Clochard https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/calca-clochard/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/calca-clochard/#respond Wed, 04 Jul 2018 14:13:11 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13792 5 novas maneiras de usar a calça clochard

O post Calça Clochard apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

Com os anos de 1980 em pauta na moda, voltam também as modelagens que foram ícones dessa década, como a calça clochard.

Clochard vem do francês e significa mendigo.

Os moradores de rua do século passado precisavam adaptar as calças de modelagens maiores que ganhavam; para isso eles dobravam a barra e usavam cintos na cintura para a calça não cair, gerando aquele efeito de franzido na cintura. Foi daí que surgiu a inspiração da calça com volume no quadril e cintura marcada e mais afunilada nas pernas.

A calça clochard dos anos de 1980 tinha muito mais tecido e era combinada a blusas bem volumosas. A moda daquela década era mais exagerada.

Agora, a calça surge em nova modelagem, com menos volume, e é combinada a blusas mais sequinhas. Nos pés, scarpin, tênis e mules. Sempre digo que, quando uma peça retorna à moda, ela volta com uma modelagem nova e uma  maneira diferente de ser combinada. Assim é possível ficar atual, e não com cara de quem saiu de um filme de uma década passada.

Aqui usei a calça clochard de couro, mais sequinha, combinada a uma botinha de cano curto e uma blusa mais ampla, porém colocada por dentro do cós da calça, para diminuir o volume.

Calça clochard de alfaiataria pantacourt

Nesta segunda opção, calça de alfaiataria combinada a um cinto contrastante, uma blusa de renda bem justinha e sandália na mesma cor da calça (que ajuda a alongar a silhueta, já que a pantacourt tende a diminuí-la).

Calça clochard de veludo

Nesta terceira opção a combinação de duas cores entre blusa e calça de veludo confere modernidade. O maxi cinto arremata o visual mais dramático.

Calça clochard de lã

Quarta opção: elegante X esportivo – a calça de lã amarela e o blazer são super elegantes. Para o visual ficar mais atual, foram combinadas peças de estilo esportivo: camiseta com estampa de cor próxima a calça (usada por dentro para ficar mais sequinha) e uma bota com referência western, que é outra forte tendência.

 

Calça clochard jeans

Quinta opção: o jeans também se rendeu à modelagem chochard. Para dar um ar mais elegante à produção com a calça clochard jeans, combine com um scarpin metalizado de bico fino e uma camisa usada por dentro do cós da calça.

Gostaram? Têm mais alguma dúvida sobre a modelagem clochard?

O post Calça Clochard apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/calca-clochard/feed/ 0
O que é Kefir https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/o-que-e-kefir/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/o-que-e-kefir/#respond Tue, 03 Jul 2018 17:10:39 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13787 Saiba o que é o Kefir!

O post O que é Kefir apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

O nome vem da palavra eslava Kelf que significa bem-estar.

Kefir é uma bebida fermentada, possivelmente originária das montanhas do Cáucaso, e são constituídos por diferentes micro-organismos que ajudam a regular o organismo.

Durante séculos, o Kefir tem sido utilizado na medicina popular asiática por suas propriedades nutritivas e medicinais.

Conta-se que um grupo étnico vindo da Turquia teria recebido o fermento e o transmitido de geração em geração.

Para obter essa bebida espumosa, os tártaros semeavam os grãos de Kefir no leite de ovelha, cabra ou vaca, colocando-o em bolsas de pele que atavam e transportavam em cima dos camelos.

Foram os médicos russos estabelecidos na região do Cáucaso que notaram as qualidades terapêuticas da bebida, empregando no tratamento de diversas doenças do aparelho digestivo e ampliado para países próximos.

Pessoas tem tentado gerar grãos em casa, e o máximo que conseguem fazer é uma coalhada.

Para se gerar os grãos “do nada” seria necessário simular um ambiente adequado como foi feito há mais de 4.000 anos atrás – o que seria quase impossível.

Recentemente o Instituto de Biologia e Genética da Alemanha analisou algumas peças descobertas nas tumbas de Xiaohe, na China, e verificaram ser blocos de queijo considerados os queijos mais antigos da humanidade datados de 1650 ano a.C. e foram produzidos a partir da fermentação do Kefir.

 

O que é o Kefir?

Podemos dizer que é um alimento terapêutico que faz bem a saúde enquanto trata doenças.

O Kefir é uma colônia de micro-organismos que tem uma aparência de grãos de cogumelo branco, com aspecto gelatinoso, textura macia, firme e tamanho irregular.

Esses grãos são formados por uma mistura complexa de bactérias e leveduras aglutinadas com a caseína (proteína do leite) e açúcares complexos, que quando adicionado ao leite de vaca, cabra ou ovelha, vão fermentá-lo incorporando na sua composição esses micro-organismos benéficos para a flora intestinal.

Os micro-organismos vão processar o leite, consumindo a lactose e reduzindo a caseína, albumina, além de sintetizar ácido lático, a lactose e outras enzimas, e os sais de cálcio que se tornam fáceis de serem absorvidos pelo organismo humano.

 

Tipos de Kefir

Os dois tipos de Kefir são:

Kefir de leite (feito de leite de vaca, cabra ou ovelha) e Kefir de água (feito de água na qual açúcares são adicionados para obter a fermentação).

Embora os líquidos sejam diferentes, o processo para a fabricação dele é o mesmo e os benefícios para a saúde estão presentes em ambos os tipos.

 

Como é feita a fermentação

Os grãos de Kefir são um delicado equilíbrio de leveduras e bactérias capaz de transformar o leite cru em uma bebida probiótica e refrescante que desintoxica o organismo.

Durante a fermentação, uma substância conhecida como Kefiran ou fator de crescimento de Kefir é secretada por algumas bactérias presentes nos grãos.

Esses micro-organismos vão processar o leite consumindo a lactose e reduzindo a caseína, albumina, além de sintetizar ácido lático, a lactose e outras enzimas, modificam os sais de cálcio que se tornam mais fáceis de serem absorvidos pelo organismo humano.

O leite Kefirado fica altamente nutritivo com menos lactose e cheio de probióticos.

 

Incríveis propriedades do Kefir

Uma propriedade importante do Kefir é sua resistência ao suco gástrico e sais minerais além de se adequar a possível presença de antibióticos. Desta forma chegam vivos ao intestino em quantidade suficiente para exercer seus efeitos benéficos.

Restabelece e equilibra a flora intestinal combatendo as bactérias nocivas a saúde trocando-as por bactérias benéficas.

Com mais de 30 tipos diferentes de lactobacilos incluindo Lactobacillus bulgaricus, Streptococcu thermophilus, Lactobacillus acidophilus e Lactpbacillus casei, enquanto que os iogurtes tem apenas 2 variedades.

Esses Lactobacilos podem existir em concentrações variando de 1 a 1.000 milhões de unidades formadoras de colônias por mililitro.

Todos eles são indispensáveis para a nossa saúde, porque em grande parte perdemos esses micro-organismos e eles praticamente só podem ser reencontrados no Kefir.

 

Os probióticos são incrivelmente úteis para melhorar a digestão e a saúde intestinal.

A ingestão diária de kefir poderá trazer benefícios ajudando no metabolismo e combatendo inúmeros problemas de saúde.

Deve-se lembrar de que Kefir é diferente do iogurte, Yakult ou coalhada caseira.

 

Onde conseguir os grãos?

Os grãos de Kefir multiplicam-se conforme vão sendo cultivados, por causa disso, são tradicionalmente doados e as orientações para o seu cultivo são passadas oralmente.

Uma vez obtidos os grãos, pode-se ter Kefir em casa para sempre, basta cultivá-los ou até mesmo guarda-los sob refrigeração quando não estiver sendo consumido.

 

Como preparar o Kefir

O Kefir, para o nosso consumo, é o leite fermentado por algumas horas com grãos de Kefir. Podemos ingerir os grãos, mas preservam-se os grãos para a produção de mais Kefir.

Os grãos de Keffir são capazes de fermentar o leite em cerca de 12 ou 24 horas, em temperatura ambiente, ou quando estiver muito frio, o leite deverá ser minimamente aquecido.

 

Utilizamos:

1 colher de sopa de grãos de Kefir para cada meio litro de leite em temperatura ambiente.

Esses grãos deverão ser colocados num vidro limpo juntamente com o leite, deixando 3/4 de espaço no vidro porque os grãos crescem.

Deixe fermentando entre 12 e 24 horas em um lugar com pouca luz.

É preciso cobrir o vidro com um pano de tecido fino preso com um elástico.

O melhor local para guarda-lo enquanto está fermentando é dentro de um armário.

Se possível, mexa o fermentado com uma colher a cada 12 horas para melhor contato das bactérias do Kefir no leite.

Após o período de fermentação, os grãos são coados em um coador com o auxílio de uma colher.

O líquido resultante é o Kefir que já pode ser consumido fresco, com frutas, cereais, podendo ficar até 5 dias na geladeira e no freezer até 1 ano.

Depois, os grãos deverão retornar ao vidro, que já deve estar lavado, com nova porção de leite para a próxima fermentação.

Preparar o Kefir é um processo repetido infinitamente.

A quantidade de leite utilizado depende o que você for consumindo.

 

Qual o consumo diário?

O ideal é que o hábito seja diário para que os seus benefícios sejam sentidos.

Algumas pessoas ingerem de 2 copos a 1 litro diariamente.

Vale muito colocá-lo em sua alimentação diária, pode ser usado nos lanches entre as refeições, substituindo outros alimentos calóricos.

 

Importante saber

– Não utilize utensilio metálico no seu preparo, dada a possível reação do ácido da fermentação com os metais, prefira coador, vasilhas e talheres de plástico ou outro material.

– Pode-se usar vidros vazios esterilizados com água fervente, porém se possível, compre vidros novos que serão a nova moradia dos seus “Kefilhos”

– Para quem vive em um ambiente rural e utilizar o leite “in natura”  seja de origem bovina ou caprina, basta fervê-lo e aguardar que retorne a temperatura ambiente para adicionar os grãos.

– O leite deverá estar fresco, de qualquer marca ou o UHT integral, desnatado, semidesnatado. Eu gosto do leite de saquinho comprado na padaria, mas isso quando encontro.

– Não guarde os grãos de Kefir sem o leite para que não morram.

– Caso os grãos tenham permanecido fora do leite e sem estar na geladeira por mais de 48 horas, deverão ser descartados.

 

Kefir de leite é um alimento probiótico muito potente

Pesquisas mostram que o Kefir como alimento pode trazer vários benefícios para a saúde humana.

Promove profunda depuração no organismo eliminando as toxinas, regula o intestino dando sensação de bem-estar.

Restaura a flora intestinal para quem se submeteu a longos tratamentos com antibióticos.

Nas erupções da pele, dermatites, friccionando o Kefir nas áreas afetada, deixe secar na pele.

É antitrombótico, antimicrobiano, reduz a intolerância à lactose, propriedades anti-inflamatórias, antialérgicas, anticancerígenas, redução do colesterol, antifúngicas, e a alta qualidade de eliminação e micro organismos patogênicos da flora intestinal.

Problemas de: asma, acne, acidez estomacal, problemas circulatórios, reumatismo, hepatite, catarro, tuberculose.

Enxaqueca, bactérias hostis, diarreia, intestino preso, gases, depressão, diversos eczemas, reduz o açúcar no sangue, problemas cardiovasculares, disfunção hepática, anemia, leucemia.

Males do século: irradiações a exposições de monitores e celulares, na desintoxicação de poluentes tóxicos.

 

Kefir pode manter o seu peso equilibrado

Por ser um regenerador da flora bacteriana ajuda na digestão facilitando a metabolização das gorduras.

Aumenta os fluídos corporais ajudando a depurar a eliminação das toxinas que ocasionam o aumento de peso.

Alguns estudos descobriram que a população microbiana das pessoas que sofrem com o excesso de peso é diferente das pessoas magras. Assim parece existir uma ligação entre obesidade e o tipo de bactéria intestinal.

Mas o Kefir sozinho não faz milagres, ele colabora para o emagrecimento, sendo que a alimentação deve estar também em concordância.

 

Imunidade

75 % do sistema imunológico está alojado no sistema digestivo.

Trilhões de boas bactérias e fungos que vivem no intestino são responsáveis por matar os maus micro-organismos e isso nos mantém vivos e com saúde.

Quando se toma antibióticos de maneira errada, literalmente está matando as bactérias boas, possibilitando que as bactérias ruins se proliferem, isso perturba o equilíbrio da nossa microbiota que levará a problemas digestivos e reações imunes.

Exemplos: alergias, candidíase e outras doenças oportunistas relacionadas com o desequilíbrio imunológico.

No tratamento do câncer, ajuda a parar o desenvolvimento de diversos tumores.

 

Alergias e asmas

Possui efeitos positivos com marcadores anti-inflamatórios de Interleucina-4, Células T auxiliares e Imunoglobulinas IgE que poderiam ser úteis na prevenção da asma.

 

Constrói densidade óssea

Um estudo de 2014, publicado na revista Osteoporose Internacional, descobriu que consumir esse probiótico beneficia a densidade óssea e pode reduzir o risco de osteoporose.

Aumenta a absorção de minerais essenciais para a construção do osso, como Cálcio e Magnésio.

 

Trata de doenças inflamatórias intestinais

Devido as altas doses de probióticos incluindo os lactobacilos e bifidobacterium, o Kefir é também um tratamento eficaz para a síndrome do intestino irritável e inflamação intestinal.

 

Melhora a digestão da lactose

Esse probiótico pode ajudar pessoas com intolerância a lactose porque a fermentação do leite muda a composição química do alimento facilitando a digestão.

Todo o Kefir é feito usando os grãos e tem o açúcar naturalmente presente para permitir que as bactérias saudáveis cresçam e para que a fermentação ocorra.

Porém esse probiótico é pobre em açúcar, porque a levedura ativa “come” a grande maioria do açúcar do leite durante a fermentação, por isso pode ajudar pessoas com intolerância a lactose.

Quem tem intolerância, tente no início consumir o Kefir em pequenas quantidades.

 

Benefícios musculares

Rico em proteínas que são os agentes na construção muscular, também ajuda a absolvição de glicose pelas células musculares, o que ajuda no rendimento físico.

 

Composição do Kefir

Altamente nutritivo e indispensável para a nossa saúde com altos níveis de probióticos

 

Em cada um de seus grãos encontraremos vários tipos de micro-organismos em simbiose.

  • 8 variedades de leveduras
  • 2 tipos de bactérias acéticas
  • 16 tipos de lactobacilos
  • Aproximadamente 9 streptococci/ lactococci/
  • Acido pantotênico
  • Acido fólico
  • Biotina
  • Folatos
  • Vitamina B, B3, B6,B12
  • Vitamina K
  • Carboidratos, Cálcio, Gorduras, Lactase, Fósforo, Magnésio, Potássio, Proteínas, Aminoácidos, Triptofano

 

O Kefir  também recebe outros nomes como cogumelo tibetano, planta de iogurte, fungo do iogurte, e etc.

Cultive o seu Kefir em casa e estará pronto para ser usado!

 

Beijos,

Jane Fiorentino

 

Parte das informações foram extraídas da Wikipedia.

 

O conteúdo deste post é de inteira responsabilidade do autor. – escrito por Jane Fiorentino.

O post O que é Kefir apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/o-que-e-kefir/feed/ 0
Esquadrão 30/06 https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-30-06/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-30-06/#respond Mon, 02 Jul 2018 21:47:08 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13782 O Esquadrão dessa semana foi um desafio!

O post Esquadrão 30/06 apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

Dalilla da Silva tem 28 anos, mora em Mogi das Cruzes, e recentemente fez um curso de moda para criar peças no estilo que ela gosta de vestir. Supercriativa e autêntica, Dalilla gosta de cores e estampas, mas segundo a família e amigos, costuma se perder um pouco. Esse foi um verdadeiro desafio para Isabella e Arlindo, no Esquadrão da Moda, no SBT. Reveja!

 

 

O post Esquadrão 30/06 apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-30-06/feed/ 0
Bolo Fit https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/bolo-fit/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/bolo-fit/#respond Fri, 29 Jun 2018 18:43:15 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13779 Esse bolo é para comer sem culpa

O post Bolo Fit apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

Vem aprender a fazer esse maravilhoso bolo FIT de maçã e nozes que a Valentina do Programa do Ratinho fez no Bake Off SBT.

 

Você vai precisar de:

  • 03 maçãs grandes ou 04 médias
  • 200 g uva passa clara
  • 200 g de nozes
  • 4 ovos
  • 1 copo de óleo de canola
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 2 xícaras de adoçante
  • 1⁄2 de rum
  • 2 colheres de sopa de rasas de canela em pó
  • 3 xícaras de farinha de trigo integral
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

 

Como preparar:

Descascar as maçãs e reservar as cascas. Colocas as maçãs cortadas em cubinhos , com as uvas passas e a canela em pó de molho no rum com um pouco de adoçante.

Picar as nozes e reservar.

Bater no liquidificador a casca da maçã om o óleo de canola, acrescentar os ovos e a baunilha.

Despejar a mistura do liquidificador na farinha e adoçante e misturar bem.

Acrescentar as maçãs e uva passa de molho no rum e misturar.

Colocar na forma, alternando uma camada de massa e uma camada de nozes terminando com nozes por cima.

Assar.

 

Acompanhe meu canal no YouTube, lá tem receitas como essa e outras mais.

O post Bolo Fit apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/bolo-fit/feed/ 0
Saia Midi https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/saia-midi-2/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/saia-midi-2/#respond Thu, 28 Jun 2018 20:48:32 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13767 10 maneiras de usar a saia midi!

O post Saia Midi apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

Em tudo na vida existe um porquê, e na moda não é diferente. Por isso gosto tanto de trazer para vocês posts que explicam os motivos pelos quais certas peças foram criadas.

A saia midi: em 1915, com a Primeira Guerra Mundial, as mulheres tiveram que assumir o lugar dos homens nos postos de trabalho, porque eles tinham ido para a guerra. Nessa época ainda se usavam os vestidos longos e pesados, o que só atrapalhava; agilidade era fundamental. E foi assim que Coco Chanel, buscando praticidade, subiu as saias e vestidos até a altura dos joelhos. Sua ideia era proteger as pernas da mulheres quando elas ajoelhassem.

No inverno, escolha uma saia de tecido mais quentinho como o chamoix. Combine com um tricot gola alta e botinha nos pés.

Para um visual romântico e atual, vá de saia midi de renda, com blusa de seda e rasteira metalizada.

 

Um look super moderno é compor sua midi com moletom e scarpin de bico fino.

À noite, escolha uma saia com texturas, cinto e sandália de salto alto metalizado e blusa de algodão de cor básica, já que esse look tem bastante informação.

Quando estiver muito frio, você pode optar por colocar uma bota de cano alto e uma blusa de manga longa.

Um visual super elegante é usar a saia midi com uma blusa de manga mais bufante. Para modernizar, vá de botinha cano curto.

Para dar um toque esportivo e moderno, misture a saia de lurex com uma parka grafitada. Fica bem descolado!

Para quem gosta de brilho, escolha uma saia midi de paetês e use com um tricot e sandália. Ótimo look para ser usado em um jantar mais chiquezinho na meia estação.

Look mais dramático: tudo preto!
Para dar um toque fashion, coloque braceletes por cima da manga, nos punhos!

Uma ideia super elegante também é usar a saia midi de pregas com blazer e camisa!

Gostaram?

O post Saia Midi apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/saia-midi-2/feed/ 0
O clássico poá https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/o-classico-poa/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/o-classico-poa/#comments Tue, 26 Jun 2018 13:00:24 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13762 Uma estampa clássica nunca sai de moda

O post O clássico poá apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

Há quem diga que a estampa surgiu com imigrantes do leste europeu recém-chegados à América. Na bagagem, eles teriam trazido a polka, um ritmo musical (“polka dots”, que quer dizer poá em inglês) cuja dança dizia-se que era feita em círculos. Alguns historiadores atribuem a Walt Disney a criação da estampa. Ao criar Minnie Mouse em 1928, ele teria estudado catálogos de moda para concluir que listras e xadrezes não eram novidade, e ele precisaria de algo totalmente diferente para o figurino da ratinha mais famosa do mundo.

A estampa de poá retornou à moda com força total, dessa vez em combinações de diferentes tamanhos, em peças assimétricas, terninhos, combinada a jeans, misturada a outras estampas. A estampa de poá voltou de uma maneira mais irreverente, jovem e moderna.

Estampas clássicas como essa nunca saem de moda totalmente; às vezes voltam como tendências fortes, agora com uma nova maneira de serem usadas.

 

O post O clássico poá apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/o-classico-poa/feed/ 1
Esquadrão 23/06 https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-23-06/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-23-06/#respond Mon, 25 Jun 2018 17:00:57 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13756 Mais um desafio do Esquadrão da Moda!

O post Esquadrão 23/06 apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

Lígia vieira tem 28 anos, é casada, formada em pedagogia e tem uma rotina bem puxada. Descendente de índios, Lígia tem longos cabelos negros e um corpo exuberante e cheio de curvas que ela adora exibir – para desespero do marido e da família. Só que o melhor amigo garante que esse é o estilo constante da Lígia se vestir. Isabella e Arlindo tiveram um desafio e tanto pela frente nessa semana, no Esquadrão da Moda, no SBT.

 

 

O post Esquadrão 23/06 apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/esquadrao-23-06/feed/ 0
Prancha – desafio! https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/prancha-desafio/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/prancha-desafio/#respond Fri, 22 Jun 2018 18:58:17 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=13749 30 dias! Será que consegue?

O post Prancha – desafio! apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

Como já citei em outros posts, o exercício de prancha é um aliado indispensável para o fortalecimento do core, região que envolve abdômen, lombar e glúteos. Além de exercitar de maneira isométrica, músculos do corpo todo. Para melhora de postura e preservação de dores nas costas – principalmente lombares – o exercício é essencial! Porém, fazer prancha é um desafio, pois como eu disse, envolve a ativação de todos os músculos do corpo, fazendo com que o desgaste seja grande e exija, além de força muscular, fôlego para ativar tanta musculatura.

Porém, fazendo a progressão correta e de maneira constante, da sim para evoluir muito e ter bons resultados, melhorando cada vez mais. Vou sugerir uma sequência de 30 dias, que não tem erro.

 

DIA 1: 2X DE 20’’                           DIA 16: 2X DE 90’’

DIA 2: 2X DE 25’’                           DIA 17: 1X DE 120’’

DIA 3: 2X DE 30’’                           DIA 18: 1X DE 120’’

DIA 4: 2X DE 40’’                           DIA 19: 1X DE 150’’

DIA 5: 2X DE 45’’                            DIA 20: 1X DE 150’’

DIA 6: 2X DE 45’’                            DIA 21: DESCANSO

DIA 7: 2X DE 50’’                            DIA 22: 1X DE 150’’

DIA 8: 2X DE 50’’                            DIA 23: 1X DE 180’’

DIA 9: 2X DE 60’’                            DIA 24: 1X DE 180’’

DIA 10: 2X DE 60’’                          DIA 25: 1X DE 210’’

DIA 11: 2X DE 60’’                           DIA 26: DESCANSO

DIA 12: 1X DE 90’’                           DIA 27: 1X DE 240’’

DIA 13: 1X DE 90’’                           DIA 28: 1X DE 240’’

DIA 14: DESCANSO                        DIA 29: 1X DE 310’’

DIA 15: 2X DE 90’’                           DIA 30: 1X DE 340’’

 

 

São 30 dias evoluindo para 5 minutos no último dia! Será que você consegue? Faça e comente abaixo se conseguiu!

Boa sorte!

 

Se você tiver alguma dúvida, mande suas perguntas nos comentários que o Rapha responde! 

 

O conteúdo deste post é de inteira responsabilidade do autor. – escrito por Rapha Fiorentino.

O post Prancha – desafio! apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/prancha-desafio/feed/ 0
Chegou o Inverno https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/o-inverno/ https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/o-inverno/#comments Thu, 21 Jun 2018 13:00:41 +0000 https://www.isabellafiorentino.com.br/?post_type=mtheme_portfolio&p=4024 Uma estação melancólica e introspectiva

O post Chegou o Inverno apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>

A vida é feita de esperas e mudanças.

Tudo tem o seu tempo; os dias, as noites, as estações do ano.

Quando não habitávamos meios tão artificiais, as estações eram visivelmente marcadas pelos sinais da natureza. Mesmo vivendo em um mundo manipulado, as estações continuam cumprindo seu ciclo sem fim.

Somos parte da natureza, e com ela interagimos.

Nosso corpo responde às mudanças da temperatura, e nos adaptamos a elas.

Podemos observar que a cada mudança nos sentimos diferentes; com calor ou com frio.

O outono é a estação de transição entre o calor do verão e o frio do inverno.

No outono as folhas caem, o tempo esfria, a chuva volta, e as plantas se preparam para o recolhimento no inverno.

As estações mudam, o que representa uma oportunidade para reencontrar paisagens, a floração de certas plantas, o sabor de certos frutos, a passagem de grande número de aves migratórias e de animais que não víamos desde o ano anterior.

 

Inverno

No inverno todos os seres vivos estão expostos ao fator climático, o dia começa a escurecer mais cedo, e há lugares em que a temperatura chega a zero grau.

As águas esfriam, os campos diminuem seus cultivos, as sementes das plantas ficam escondidas para germinarem na próxima estação, alguns animais hibernam.

Normalmente nas regiões litorâneas o inverno é frio e úmido, e nas regiões mais altas como Campos do Jordão é mais frio e seco, chegando a nevar.

O inverno de 2018 começa às 7 horas e 7 minutos do dia 21 de junho e termina no dia 22 de setembro.

Sua data de início é o momento do ano em que a noite é mais longa e o dia mais curto.

No decorrer do inverno as noites vão ficando gradativamente mais curtas, e a iluminação solar vai aumentando, para então chegar a primavera.

O inverno oferece uma cor e um ritmo diferente a nossos campos e florestas.

A luz modifica a paisagem.

Observamos a quietude e o movimento, o sombrio e o luminoso, o frio e a chuva.

Nosso país tropical também guarda paisagens invernais, e nas regiões mais frias pode nevar.

As geadas são comuns quando as manhãs nascem com densa neblina, impregnando de umidade as florestas de araucária.

Tristemente, a exploração dessas florestas as reduziu a pequenos fragmentos; mesmo assim, a neve se acumula nos galhos das árvores que restaram, oferecendo uma paisagem de rara beleza.

Alguns mamíferos são mais vistos nesta época, como as jaguatiricas e pacas, e, entre as aves, a gralha azul.

Alguns animais armazenam alimentos e outros se preparam para hibernar.

Muitas árvores perdem suas folhas; podemos ver muitas folhas secas espalhadas pelo chão, com flores amareladas e vermelhas.

Vemos também árvores nuas preparando-se para se renovar na primavera.

Homens e animais acompanham harmoniosamente as mudanças da vida para que possam sobreviver, crescer e se perpetuar.

 

As mudanças

É reconfortante saber que as coisas são duradouras e constantes, mas a natureza nos mostra que são mutáveis, e que nada é permanente.

Somos apegados às coisas, pessoas, situações querendo que a vida seja de acordo com o que idealizamos.

Quando não mudamos de acordo com o que é correspondente a cada fase da vida, deixamos de viver de forma plena.

Saber lidar com essas mudanças é um exercício de aceitação da realidade.

Precisamos acolher as mudanças com humildade e reverência; só assim manteremos nossa saúde e paz interior.

 

Inverno de recolhimento e introspecção

O inverno é uma estação de repouso, quietude e calma.

A natureza parece “parar”, e existe uma desaceleração natural para todos os seres vivos.

Nosso metabolismo fica mais lento, os níveis de energia estão mais baixos, e precisamos ficar atentos e tomar cuidados adequados com os distúrbios circulatórios, angina de peito, trombose, hemorragia cerebral e infarto.

É particularmente uma boa temporada para prestar mais atenção em nós mesmos, entregando-nos ao repouso e à quietude da estação.

Vamos reduzir o estresse e a pressão da vida moderna, arrumando um tempo para a meditação?

 

Calma, serenidade, neutralidade

Sempre é necessário buscá-las, mesmo tão difíceis de encontrar.

Vamos desenvolver essas três virtudes para que elas estejam presentes em nossa consciência?

A calma é um instrumento eficaz, pois esclarece as ideias, principalmente no momento de tomar decisões.

A serenidade nos mostra as coisas positivas e nos tira do pessimismo.

A neutralidade não permite que nossa consciência se envolva em situações de oposição, nem brigas.

Nesse estado encontramos mais força interior para ajudar as pessoas que necessitam a se libertarem de seus conflitos.

Não percamos esse foco e estaremos mais longe dos conflitos.

 

Depressão de inverno

Muitas pessoas sofrem dessa desordem “sazonal”: sentem-se irritadas, deprimidas e cansadas.

Provavelmente a grande influência é a ausência de luz dos dias mais curtos, que tem muito a ver com o nosso biorritmo.

Alguns dias sem sol chegam até mesmo a afetar nossa saúde!

 

Vamos aproveitar o sol sempre que ele surgir?

Passar um tempo ao ar livre ajuda muito!

Tomar banho de sol e andar ao sol, principalmente pela manhã, ler, tomar café, e até trabalhar ao sol quando possível!

 

Para manter a saúde e prevenir-se dos problemas das mudanças sazonais

Enquanto no outono os pulmões ficam mais sensíveis a resfriados e gripes, no inverno as partes mais sensíveis são os rins, a região lombar, o estômago, o pescoço e os pés.

O vento invade nosso organismo e pode infeccionar as vias respiratórias.

A friagem e a umidade com a queda da temperatura diminuem nossa resistência imunológica, deixando o corpo pesado e meio preguiçoso.

Vamos intensificar os exercícios e as caminhadas todos os dias para fortalecer o sistema cardiovascular, evitar as dores lombares, joelhos e dores ósseas.

Os exercícios são excelentes para aumentar os níveis dos hormônio serotonina e endorfina; remédios que nosso próprio corpo produz contra o desânimo.

O frio fecha os poros, reduz a transpiração. É um excelente período para fazer saunas e eliminar as toxinas.

 

É bom evitar

Ficar exposto ao vento frio com os cabelos molhados.

Sentar ou trabalhar em correntes de ar.

Fazer inalações profundas do ar frio.

Pisar descalço em pisos frios ou ficar com roupas molhadas secando no corpo.

 

O que é bom fazer?

Dormir cedo, alimentar-se bem e manter-se aquecido ajuda a proteger a nossa reserva d energia.

Mantenha o corpo aquecido, principalmente as costas e os rins.

Use um cachecol protegendo a nuca e o pescoço, evitando assim o torcicolo.

No inverno, a pele tende a ficar mais seca: use um creme hidratante ou óleo de oliva.

Proteja as crianças do vento, mantendo as extremidades do corpo aquecidas, principalmente a nuca.

Evite tomar bebidas geladas, tanto os adultos como as crianças.

 

Bebidas quentes

Os chás de erva-doce e camomila tomados com mel e limão ao longo do dia são úteis para eliminar bactérias e vírus.

Os chás fortes como o de gengibre e o de canela atuam com efeito anti-inflamatório.

 

Higiene no inverno

Faça bochechos e gargarejos com água morna e sal marinho para higienizar a boca, nariz e garganta, podendo também usar o soro fisiológico na própria embalagem.

Lave mais as mãos.

Areje a casa, abrindo as janelas.

Tire os sapatos ao entrar em casa.

Lave as solas dos sapatos antes de guardá-los.

Como a pele tende a ficar mais seca, use um creme hidratante, óleo de coco ou óleo de oliva após o banho diário.

Os cabelos também tendem a ficar mais secos; evite a água quente e procure lavá-los com água morna em dias alternados.

Dormir com os cabelos molhados pode levar ao aparecimento de bactérias e fungos no couro cabeludo. Vale secar os cabelos na temperatura morna antes de deitar ou sair na rua.

 

Alimentação

Na estação fria são aconselháveis alimentos que dão energia.

A alimentação deve ser quente, úmida e com pouco sal para proteger os rins.

Os alimentos devem ser de preferência cozidos ou assados, evitando os alimentos crus.

Reforçar a alimentação com substâncias nutritivas e temperadas com alho.

As sopas quentes de legumes e verduras cozidas com um pouquinho de pimenta preta ficam deliciosas.

Usar os diversos tipos de batatas: doce, inhame, cará, mais os grãos, as nozes e as castanhas.

Leite e seus derivados suaves, como kefir e iogurte.

Os sucos devem ser naturais e feitos com a fruta – principalmente as cítricas, pela vitamina C – e servidos em temperatura ambiente.

O alho cru em jejum, mastigado ou engolido em pedacinhos com a ajuda de meio copo de água e suco de meio limão é um poderoso antibiótico natural, assim como extrato de própolis diluído no mel.

 

Escalda-pés

Escalda-pés é um cuidado simples que descansa e ativa a circulação sanguínea; o calor entra pelas extremidades nervosas dos pés, esquenta todo o corpo e elimina a friagem.

É excelente para pessoas que caminham muito ou que passam muito tempo sentadas, e também mulheres que fazem uso de salto alto e sentem sensação de sobrecarga nas pernas.

Diziam os antigos que “pés quentinhos” deixam a cabeça fria, acalmando uma mente muito inquieta.

Explica-se que a má circulação sanguínea congestiona os membros inferiores, concentrando o sangue na parte superior do tronco e causando dor de cabeça.

 

Como fazer o escalda-pés

– Leve uma panela com água ao fogo até que a temperatura fique bem quente, o quanto você aguentar.

– Coloque um punhado de sal e mergulhe os pés em uma bacia com água quente até os tornozelos.

– Deixe-os de molho por mais ou menos 15 minutos enquanto a água permanece quente.

– Depois, com uma toalha enxugue os pés e coloque meias para mantê-los quentinhos.

– Após o escalda-pés evite a friagem.

 

Os vírus estão no ar

Hoje a ciência nos informa que gripes e resfriados são doenças provocadas por micróbios e vírus.

Estar em lugares mal ventilados com muita gente e o contato próximo com pessoas doentes transmite o vírus.

 

Evite o ar condicionado quente ou frio

O ar condicionado desidrata e resseca o muco protetor que reveste as mucosas das vias respiratórias, destruindo os anticorpos que atacam os germes invasores.

 

Não vamos ficar parados

Debaixo dos cobertores, aquecidos individualmente, dando oportunidade para a depressão chegar…

Vamos cuidar e agasalhar os que sofrem com o frio, desabrigados e sem um teto para se proteger?

 

A natureza renasce

Quase no final do inverno, as primeiras flores aparecem dando sinais de que a primavera se aproxima.

 

Abraços,

Jane Fiorentino

 

Referências: medicina tradicional chinesa e medicina ayurvédica

 

O conteúdo deste post é de inteira responsabilidade do autor. – escrito por Jane Fiorentino.

O post Chegou o Inverno apareceu primeiro em Isabella Fiorentino.

]]>
https://www.isabellafiorentino.com.br/materia/o-inverno/feed/ 1